Medicina Energética

O campo biomagnético humano pode ser trabalhado e modelado – harmonizado e restaurado - podendo resultar em benefícios quer a nível físico, quer a nível emocional, mental ou espiritual, uma vez que todos os níveis estão interligados.
Quando se toca um ponto da pele, está-se a comunicar com todo o organismo. Quando se energiza um ponto do corpo, na realidade, comunica-se com todo o sistema, ou seja, essa energia percorre todo o corpo.

Nesta consulta:
Não são utilizados dispositivos médicos energéticos ou vibracionais. Apenas frequências energéticas e de informação, disponibilizadas pelo universo, às quais qualquer um de nós pode ter acesso.
Os efeitos mais comuns são: harmonização energética; reequilíbrio orgânico, emocional e mental;e ativação do ADN. Se adequado, poderão também ser tratadas memórias distantes e causas energéticas externas.

Como, afinal, se processa a vida?

Desde a passada década de setenta, várias descobertas em biologia celular têm vindo a revolucionar a visão da medicina ocidental.

A principal descoberta foi a de que existe uma malha de proteínas desde o interior do núcleo das células (em contacto direto com o material genético), cruzando o citoplasma e atravessando a membrana celular, malha essa que se conecta com todas as outras malhas de todas as outras células, criando uma rede, uma matriz. Esta matriz microscópica expande-se e conecta-se, a nível macroscópico, com o tecido conjuntivo, as fáscias, os ligamentos, tendões, ossos, etc. O sistema formado pelo tecido conjuntivo, presente em todo o corpo e que interconecta (fáscias) todos os tecidos e órgãos, é o nosso maior sistema e é o único que toca todos os demais sistemas.

Outra fantástica descoberta é que esta matriz de proteínas corresponde a um sistema energético, ou seja, através dela realiza-se uma transferência constante de energia e informação que permite a vida – é a Matriz da Vida - “As células e os elementos intracelulares são capazes de vibrar dinamicamente com uma complexa harmonia, cuja frequência pode ser medida e analisada de modo quantitativo” e “A Matriz da Vida é um ‘sistema nervoso energético’ que conduz pacotes de
energia e informação em vez de impulsos nervosos” (James Oschman) (1). A Matriz da Vida é o verdadeiro sistema de regulação do equilíbrio e da saúde no nosso corpo, e opera de modo mais rápido do que o sistema nervoso. “A matriz da vida é onde a biologia se encontra com a física quântica”.

O nosso corpo funciona como um objeto “semicondutor” (isto é, conduz eletricidade), graças às proteínas e à água a elas associada. As correntes elétricas que nos percorrem (impulsos cerebrais, cardíacos, musculares, célula-a-célula) geram campos eletromagnéticos à nossa volta. Isto significa que o corpo humano contém eletrões livres que podem mover-se pelos tecidos e à sua volta. Estes eletrões são energéticos e podem transferir tanto energia como informação de um local para outro.

O nosso Campo Biomagnético tem vários componentes com vibração e informação interna específicas. Este campo é também impregnado com a energia e a informação dos nossos pensamentos e emoções, que, por sua vez, atuam, influenciando diretamente a nossa biologia celular.

O que diz a ciência sobre as terapias energéticas?

O investigador Roland McCraty (2) mediu os campos eletromagnéticos de duas pessoas que se tocam, tendo constatado que há transferência de energia eletromagnética produzida a partir do coração. Também identificou que sentimentos intencionais de compaixão, amor e apreciação, produzem alterações no espetro do eletrocardiograma e no campo eletromagnético, afetando positivamente as células. Se essa intencionalidade for mantida, a frequência é suficientemente
poderosa para induzir alterações na estrutura da água e do ADN.

Os campos eletromagnéticos pulsáteis criados a partir das mãos de terapeutas de Reiki e de outras energias (analisados em laboratório pelo Prof. Dr John Zimmerman (3)) possuem frequências eletromagnéticas da mesma ordem de grandeza das necessárias para estimular a reparação dos tecidos orgânicos, idênticas às dos dispositivos médicos (aprovados pela FDA (4))
para estimulação de crescimento ósseo, por exemplo.

O Prof. Dr. James Oscham afirma que “os campos eletromagnéticos produzidos pelas mãos dos terapeutas, induzem fluxos de corrente nos tecidos e nas células de pessoas que estejam nas proximidades” e, ainda, que “As energias de cura, quer produzidas por dispositivos médicos, quer produzidas por uma pessoa (terapeuta), é uma energia de uma faixa específica de frequências que estimula a reparação dos tecidos”.

Segundo o Dr. Robert Becker (5) e o Dr John Zimmerman, o campo biomagnético ao redor das mãos do terapeuta de Reiki é pelo menos 1000 vezes superior ao habitual.

Segundo James Oscham, as terapias energéticas, as terapias de toque e as terapias de movimento, suavizam e hidratam os tecidos, e, por esse meio, aumentam a flexibilidade e diminuem a dor. A hidratação dos tecidos tem como consequência direta, um aumento da sua condutividade elétrica, ou seja, um maior afluxo de eletrões, e os eletrões são os nossos principais agentes antioxidantes e anti-inflamatórios. Estas terapias têm a capacidade de manter e reparar os circuitos eletrónicos e vibracionais do corpo.

Está demonstrado que todas as ‘doenças crónicas’ não são mais do que processos inflamatórios crónicos. Assim, todas elas podem beneficiar com as terapias energéticas.


Notas:
1 - James Oschman, PhD – Investigador, Físico e Biólogo, professor universitário, autor de vários livros e de centenas de publicações científicas.
Links: www.worldhealth.net ; http://energyresearch.homestead.com/index1.html;
http://energymedicineuniversity.org/faculty/oschman.html

2- Roland McCraty, PhD – Investigador, Médico, autor de vários livros e de inúmeras publicações científicas.
Links: www.heartmath.com; http://www.energetic-medicine.net/rollin-mccraty.html

3 - John Zimmerman, MD – Médico cardiologista, investigador, Universidade do Colorado, EUA.

4 – FDA – Food and Drug Administration – Agência oficial americana, pertencente ao ministério da saúde, que
autoriza e regula os alimentos e os medicamentos.

5 - Robert Becker, MD – Médico e Investigador, “pai” da electromedicina, autor de livros e publicações
científicas.
Links: http://pt.earthpulse.net/Becker.htm;
http://www.microondes.files.wordpress.com/2011/01/becker_the_body_electric-full.pdf.